quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

TODO NADA

Queria saber

que todo é

o nada que existe em mim.

Se de mim soubesse

quem e ao quê,

todo mistério cairia.

O mundo

cabe em cada partícula

e de cada partícula universo.

No que vemos

está o não visto:

Víssemos!

e a porção seria íntegra.

Que todo tanto será esse nada

que quando me vejo, vejo?


Luís Novais

Sem comentários:

Publicar um comentário